sexta-feira, 23 de julho de 2010

Algarve: Lugar ao Sol

Chegaram as tão esperadas férias de Verão... Porquê pagar fortunas para estar de papo pró ar se eu tenho isso e muito mais no meu Algarve?! Não foram férias de paródia e loucura total. Foram 16 dias de relaxamento em boa companhia e introspecção.
Depois de reflectir sobre a vida, o mundo e afins... cheguei à conclusão de que afinal o cão não é fiel ao seu dono. Caso contrário, o meu não me fazia uma coisa destas, mesmo após a castração (na perna de alguém que não sou eu!)
video
A praia foi sem dúvida o meu destino de eleição e com temperaturas a tocar os 40º consegui obter um bronze invejável e uma alergia solar inaugural e inesperada. E o que é o Verão sem gelado? Na geladaria Veneza na Marina de Vilamoura são irresistíveis mas na praia do Ancão vendem-se os gelados "Roll - on".
Na praia de Faro os laços da tanga do bikini soltaram-se... mas para quê me preocupar se nos tempos modernos em que vivemos a roupa está a mais?! Principalmente na Terra Estreita onde o bikini não faz parte do vestuário de praia, ou no Barranco das Belharucas em que o tamanho das meninas não importa. O importante é torrá-las até à ponta dos mamilos! As meninas do topless e amantes do nudismo não participaram nas conversas de gajas em que foi comentado a sensualidade transmitida pelas marcas do bikini. Então, a mais de metade das minhas férias, posso dizer que estou mais que sensual... e que só o meu cão é que poderá ver! Os meus dias na praia foram de intensa actividade. Horas na toalha a virar o frango para a coxa não ficar mais queimada que o peito, um passeio à beira mar numa tentativa de queimar algumas calorias conquistadas nos gelados, uma actualização da socialite esfolhando umas revistas e, ao ver que a "Tia Zulmira" de 50 anos, aparece na Nova Gente mais esbelta que eu nos meus quase 27 anos...tirei completamente da cabeça a ideia de provar uma bolinha de berlim. No meio das minhas varizes, gordura e contracturas musculares só me faltam as rugas!
Voltando um cadinho atrás (senão vou acabar por falar mais uma vez das meninas que gostam de espreitar e pular para fora do bikini), os meus dias na praia foram sempre muito cheios. O "vou comprar umas novas raquetes para jogarmos" (frase dita e repetida à minha mana - companheira no ténis de praia) ainda está para acontecer mas posso -vos dizer que joguei muitas vezes durante as minhas férias porque é hoje (12º dia de férias) que as vou comprar!

O negócio que fiz com um espreto na Falésia foi dos melhores: duas túnicas por 15 euros quando ele pedia 40 euros. No final o combinado era dar 15 euros no momento do negócio e 15 euros no sábado seguinte, se ele ainda se lembrasse da minha cara. O que ele não sabe é que não uso sempre o mesmo bikini nem frequento sempre as mesmas praias.
Os dias de férias foram sempre muito relaxantes mas curtos para tanto que queria fazer, principalmente com a visita da minha maninha. Vivemos como turistas ao beber um café, uma água de 33 cl e uma água com gás por 9 euros no Puro Beach. Ambiente muito giro, junto ao mar, a apanhar sol nos sofás super chiques...para quem pertencia á festa privada!



Tivemo-nos que nos contentar com umas mesas e cadeiras (mais básicas que as minhas) e apreciar a pinta das gajas quase nuas com o peito 3 vezes maior que o meu e a cambalearem nos saltos altos. Também me senti turista nas Dunas Douradas ao cobrarem-nos 5 euros por uma tosta de pão de forma, quando no Mac Tostas, enfardámos uma por 5euros que dava para um batalhão de pessoas...
Numa praia onde o "roll-on" vale 2 euros e o Magnum 3 euros...onde é que está a minha areia algarvia? E onde é que o pessoal arranja este calções de banho?? Sem comentários...


Volto a dizer: para quê sair daqui se nos cobram o mesmo que no estrangeiro?!
No prolongamento das férias “descobrimos” finalmente o Paraíso. Trata-se de uma pequena ilha deserta em Cacela Velha com uma paisagem selvagem, água calma e cristalina, areia branca e fina… Nesta praia tudo é possível: nadar com a barriga a tocar na areia, apanhar conquilhas enquanto se dá um mergulho, fazer esfoliação corporal (a areia é tão fina que cola no corpo embebido de creme e óleo) … Vamos de barco para lá porque é uma ilha mas regressa-se a pé porque deixa de o ser quando a maré está baixa!



Uma caipirinha no Suigeneris ou um cafezinho no Havanna são óptimas opções para começar e/ou acabar a noite. Mas a grande novidade pela qual estou apaixonada é o Essencia Lounge Bar. Começar a tarde com uma sangria afrodisíaca, observar o pôr-do-sol com um cocktail de frutas e relaxar na cadeirinha mágica deliciando-me com um chocolate quente são férias merecidas!